Notícias

Na boca da safra, a agricultura é um dos poucos setores que têm o que comemorar em meio à recessão. Puxada pela dobradinha soja e milho, a receita da produção de grãos que começa a ser colhida no Centro-Sul deve passar de R$ 200 bilhões este ano. É uma cifra recorde, assim como o volume de produção, e com ganhos acima da inflação. 

Esse resultado funciona como uma injeção de ânimo na economia do interior do País e traz alívio para os preços dos alimentos, que foram os vilões do custo de vida...

Os produtores rurais voltarão a ter alta na receita neste ano. O Valor Bruto da Produção (VBP), que mede o faturamento “da porteira pra dentro” na atividade agropecuária, deve crescer 5,6% em 2017 na comparação com o ano passado e chegar a R$ 573 bilhões.

A estimativa é da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA). O resultado é atribuído principalmente às boas perspectivas de aumento da safra 2016/2017 de grãos, de 15,3%. Desta forma, o setor agrícola terá elevação de 7,22% na r...

O Produto Interno Bruto (PIB) do agronegócio brasileiro cresceu 3,43% nos primeiros oito meses de 2016, em comparação com o mesmo período do ano passado.  A avaliação é da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), em parceria com o Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea), da Esalq/USP.

No levantamento, tanto o setor agrícola quanto o pecuário tiveram valorização real dos preços, fator que tem sido fundamental para o desempenho positivo do agronegócio este ano. 

N...

A produção brasileira de feijão deve chegar a 3,07 milhões de toneladas na safra 2016/2017, segundo informações divulgadas pela Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA). O número corresponde a um aumento de 22% em relação à safra passada, de 2,51 milhões de toneladas.

A previsão da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) é de que os produtores aumentem em 6% a área plantada de feijão, passando de 2,8 milhões de hectares na safra 2015/2016 para 3 milhões de hectares...

O Produto Interno Bruto (PIB) do agronegócio brasileiro acumulou alta de 2,71% de janeiro a julho de 2016, na comparação com igual período do ano passado,  de acordo com estudo da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) e do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea).

Em julho, o setor teve expansão de 0,13%. O segmento com melhor desempenho no ano é o básico (dentro da porteira), com alta de 3,96%, seguido por serviços (2,57%), insumos (2,4%) e ind...

Nos dez primeiros meses de 2016 a balança comercial brasileira acumulou superávit de US$ 38 bilhões com participação decisiva dos 15 principais produtos do agronegócio que representaram 39% das vendas totais do país no período.

A Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) destaca que a soja foi o produto do agronegócio com maior participação nas exportações entre janeiro e outubro deste ano, 12% do valor total (US$ 18 bilhões). Outra participação relevante foi do açúcar em bruto,...

O Produto Interno Bruto (PIB) do agronegócio cresceu 0,62% em junho e acumula alta de 2,45% no primeiro semestre deste ano em relação ao mesmo período do ano passado, segundo a Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) e o Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea). O resultado foi impulsionado pela cadeia produtiva da agricultura, que teve alta de 3,64% em seis meses na comparação com janeiro a junho de 2015. A pecuária recuou 0,14%.

Todos os segmentos do agronegóc...

Nos primeiros cinco meses de 2016, o Produto Interno Bruto (PIB) do agronegócio brasileiro, estimado pelo Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea), da Esalq/USP, em parceria com a Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), cresceu 1,79%, em comparação com o mesmo período de 2015.

O bom desempenho ocorreu devido ao comportamento do ramo agrícola, que cresceu 0,37% em maio e 2,73% de janeiro a maio. Já o ramo pecuário apresentou pequena queda de 0,07% no mês, acumul...

Dados divulgados pelo Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MICS) no dia 01/07, mostram que, no primeiro semestre de 2016, o Brasil obteve superávit de US$ 23,6 bilhões na balança comercial - valor dez vezes maior que o resultado apresentado no mesmo período do ano passado (US$ 2,2 bilhões). O crescimento do saldo comercial foi impulsionado principalmente pela queda de 27,7% das importações.

Apesar do resultado positivo no saldo da balança, o comércio externo do país tem apre...

Please reload

Notícias por Mês

Please reload

Categorias

Revista Bom Jesus