• Via Sistema Ocepar.

GRÃOS: Paraná lidera produtividade de soja e milho no País, diz IBGE


O Paraná é o campeão de produtividade na soja e no milho na safra de 2016, segundo dados do levantamento sistemático de produção agrícola divulgado nesta quinta-feira (04/02) pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). O rendimento por hectare na soja deve chegar a 3.405 quilos por hectare, e no milho da primeira safra deve alcançar 8.601 quilos por hectare no estado em 2015.

Levantamento - Um levantamento com base nos dados do IBGE feito pelo Ipardes (Instituto Paranaense de Desenvolvimento Econômico Social) mostra que, na soja, o Paraná superou Bahia (3.359 quilos por hectare) e Santa Catarina (3.300 quilos por hectare). Outros grandes produtores de soja, como Mato Grosso e Rio Grande do Sul, ficaram bem atrás, com 3.113 quilos por hectare e 2.967 quilos por hectare respectivamente.

Milho primeira safra - No milho da primeira safra, o Estado ficou à frente do Distrito Federal (R$ 8.584 quilos por hectare) e Mato Grosso do Sul (8.500 quilos por hectare). “O Paraná conjuga alta produtividade com alto volume de produção e de área plantada. Entre os grandes produtores de grãos do País, ele é o que consegue melhor aliar esses dois indicadores”, diz Julio Suzuki Júnior, diretor-presidente do Ipardes.

Liderança - De acordo com o IBGE, o Paraná deve mais uma vez se consolidar como o segundo maior produtor de grãos do País, responsável por 17,8% da produção. O instituto estima que a safra brasileira atinja 210,7 milhões de toneladas, 0,6% superior à obtida em 2015.

Agroindústria - A fartura de grãos ajuda a estimular a agroindústria, de acordo com Suzuki Júnior. “Graças a essa oferta de matéria-prima, a indústria de carnes, que utiliza o milho e a soja como ração, se desenvolveu tanto no Estado”, lembra.

Produção - No Paraná, de acordo com o IBGE, a produção de soja deve chegar a 18,29 milhões de toneladas, 6,7% superior à passada. O milho da primeira safra deve ter queda de 21,3%, para 3,69 milhões de toneladas, e o milho da segunda safra deve somar 10,38 milhões, 8% menos do que a anterior. A produção de trigo, por sua vez, deve ter aumento de 16,1%, para 3,87 milhões de toneladas.

Tendência - A queda do milho segue a tendência nacional, cuja produção deve cair 5,6% em relação a 2015. De acordo com o IBGE, as dificuldades de plantio do milho da primeira safra devido a adversidades climáticas, forte concorrência com a soja, que avança sobre a área de milho, e o atraso no plantio da segunda safra, provocado pelas chuvas, ajudam a explicar a redução.

Soja – Apesar do excesso de chuvas, a previsão é de uma boa safra de soja no Sul do País, com avanços em relação ao montante colhido na safra anterior. A produção brasileira deve totalizar 102,7 milhões de toneladas, 5,8% superior à verificada em 2015.

Produtos nacionais - Dentre os principais produtores nacionais, o Paraná será o que terá maior avanço na produção, com 6,7%. Mato Grosso registra alta de 2,5%, para 28,5 milhões de toneladas, e o Rio Grande do Sul de 3,4%, para 16,2 milhões de toneladas.

Área plantada - O IBGE também informou que a área plantada com grãos soma 58,5 milhões de hectares em 2016, 1,3% maior do que a colhida em 2015. O arroz, o milho e a soja representaram 86,3% da área a ser colhida e 92,7% da produção. (Agência de Notícias do Paraná)

#BomJesus #Cooperativismo #SistemaOcepar #Soja #Safra20152016 #Safra20142015

ENTRE EM CONTATO

Rodovia do Xisto, Br-476,Km-198, s/nº - Olaria

Lapa/PR 83.750-000  Fone: (41) 3622-1515

bomjesus@bj.coop.br

 ©‎ Todos os direitos reservados | Cooperativa Agroindustrial Bom Jesus - Tradição, Respeito e Constante Evolução