• Diair Portes

Excesso de chuvas prejudica produção de feijão no Paraná


O início do ano não foi bom para os produtores de feijão no Paraná. Na região de Guarapuava, as chuvas, que começaram no final de 2015 e ainda não deram trégua, prejudicaram as propriedades que cultivam a leguminosa, diminuindo consideravelmente a oferta do produto e contribuindo para o aumento do preço.

Segundo dados do Departamento de Economia Rural (Deral) da Secretaria de Estado da Agricultura e Abastecimento (Seab), Guarapuava é uma das regiões de destaque no Estado para o cultivo de feijão, responsável por 7% da produção estadual. A expectativa de colheita no início da primeira safra, em outubro de 2015, era de 335 mil toneladas para todo o Paraná e hoje está em 284,5 mil toneladas, uma queda de 15%, provocada, principalmente, pela chuva e falta de luminosidade no campo.

Consumo De acordo com o relatório de perspectivas para a safra 2015/16, elaborado pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), o mercado, hoje, é abastecido pela colheita da primeira safra. O consumo nacional tem variado entre 3,3 milhões de toneladas e 3,6 milhões de toneladas, em razão da disponibilidade interna e dos preços praticados no mercado. A produção total estimada pela Conab é de 3,166 milhões de toneladas para a safra atual.

Ainda conforme dados da Conab, o Paraná, principal produtor de feijão no País, está deixando de plantar o “feijão comum preto” na primeira safra em detrimento à soja, mas está expandindo a superfície cultivada na segunda safra, com o feijão carioca beneficiado, em parte, pela qualidade do produto e menor custo de produção.

O relatório da Conab lembra que entre os meses de dezembro e fevereiro ocorre forte queda no consumo, ocasionada pelas festividades de final de ano e férias escolares. E a partir de abril, com a intensificação da entrada da produção da safra da seca, a tendência é de baixa nos preços, que passam a ser cotados pelo comportamento da safra nordestina. Este ano, este panorama deve mudar em função do excesso de chuvas.

#BomJesus #Conab #Safra20152016 #Deral #RegiãoSudesteParanaense #Paraná #Feijão

ENTRE EM CONTATO

Rodovia do Xisto, Br-476,Km-198, s/nº - Olaria

Lapa/PR 83.750-000  Fone: (41) 3622-1515

bomjesus@bj.coop.br

 ©‎ Todos os direitos reservados | Cooperativa Agroindustrial Bom Jesus - Tradição, Respeito e Constante Evolução