• Pelo Engenheiro Agrônomo Carlos Alberto Klenki.

Previsão climática é favorável as culturas de inverno na safra 2016


O clima é um fator de extrema importância para a safra de inverno. Chuvas, estiagens, geadas podem afetar significativamente o resultado dos cultivos. Na safra anterior – 2015 – o excesso de chuvas em boa parte do ciclo das culturas de inverno foi motivo de perdas, tanto em produtividade como em qualidade da produção. Muitos produtores não conseguiram colher e amargaram prejuízos com o cultivo. Como consequência, muitos produtores estão desmotivados ao cultivo na safra desse ano. Mas um ponto é importante destacar: quando o assunto é clima, não podemos olhar para a safra anterior, e sim para o que apontam as previsões climáticas para a estação. E para esse ano, no que se refere ao clima, podemos dizer que as perspectivas são bastante positivas ao cultivo das culturas de inverno.

Trigo, cevada, aveia, centeio, podem ser culturas beneficiadas pelas condições climáticas dessa safra de inverno. Os meteorologistas estão prevendo o início da influência do fenômeno “La Niña” sobre nosso clima já a partir do outono, se estendendo pelo inverno e primavera, com consequente ocorrência de chuvas e geadas dentro da média histórica, o que é favorável a essas culturas, diferente das condições ocorridas na safra anterior. Portanto, pra quem está ainda indeciso se cultiva ou não, se a dúvida for do lado climático, podemos esperar uma condição climática positiva.

As culturas de inverno, toleram relativamente bem anos com pouca chuva, e no aspecto sanitário, o manejo para o controle de doenças é facilitado. Geadas, em determinadas fases do ciclo também é bem tolerado e também benéfico para as culturas. Por isso planejar bem o cultivo, buscar orientação técnica é importante. Usar de forma adequada as informações existentes sobre o cultivo, e adequar as operações inserindo as informações da meteorologia, com as previsões do clima para a estação de cultivo pode ajudar e muito o produtor. Uma coisa é certa. O produtor que busca um resultado positivo na lavoura de inverno tem que trabalhar com o nível tecnológico adequado. O mercado não absorve mais produtos de baixa qualidade. Portanto, investir em bons materiais/cultivares, fazer o manejo da cultura de forma adequada é indispensável. É preferível reduzir a área de cultivo, e investir o necessário para o obtenção de boa produtividade e qualidade da produção.

Além do resultado direto do cultivo (rentabilidade), devemos contabilizar também os outros benefícios do cultivo das áreas no período de inverno. Podemos destacar a entrega das áreas em melhor condição para o cultivo da cultura de verão, livre de plantas daninhas, com boa palhada para a proteção do solo, e com nutrientes melhor distribuídos quando adequadamente fertilizadas. Portanto, especialmente a soja ou feijão cultivados em seguida, são favorecidos e se beneficiam desse cultivo.

Uma coisa é certa. Quem definir pelo cultivo de uma espécie no inverno, seja trigo, cevada, ou outra espécie, faça bem feito, e pra isso conte com a apoio dos técnicos da Bom Jesus, nessa importante tarefa de produzir bem, com qualidade e rentabilidade.

Área em pousio: plantas daninhas de difícil controle como a buva, tem espaço para se desenvolver e causar problemas de manejo.

#CulturadeInverno #Trigo #Cevada #Aveia #Centeio #CoopBomJesus #InformeTécnico #Safra20162017 #Produtividade #AssistênciaTécnica

ENTRE EM CONTATO

Rodovia do Xisto, Br-476,Km-198, s/nº - Olaria

Lapa/PR 83.750-000  Fone: (41) 3622-1515

bomjesus@bj.coop.br

 ©‎ Todos os direitos reservados | Cooperativa Agroindustrial Bom Jesus - Tradição, Respeito e Constante Evolução