• Felipe Andrade

Prof. Dr. Geraldo Chavarria realiza palestra na Cooperativa Bom Jesus


A palestra foi apresentada para técnicos e agrônomos da Cooperativa.

No dia 06 de outubro a Cooperativa Bom Jesus em parceria com a Arysta LifeScience do Brasil apresentaram para técnicos e agrônomos o Prof. Dr. Geraldo Chavarria, da Universidade de Passo Fundo, com a palestra "Fisiologia e Altos Rendimentos" focado nas culturas de verão.

O melhor desenvolvimento do potencial genético de uma cultivar depende dos cuidados do produtor. Para Geraldo, são três aspectos que tem que ser cuidado. “Dentro dessa ideia de aumentar o potencial de rendimento, (a planta) tem um potencial genético e está 'escrito' nela. Agora, o "ambiente" nos tira a capacidade produtiva em função de uma determinada restrição hídrica, da função de incapacidade das raízes crescerem, da função das plantas crescerem em demasia... Então, na minha maneira de pensar, trabalho três pilares nessa lógica de fazer com que as plantas tolerem mais as adversidades do ambiente. Um desses aspectos está vinculado nas características da raiz, fazer que elas tenham a capacidade de crescer em maior escala e o solo guardar mais água. Então basicamente os desafios estão focados em: aumenta a quantidade de fosforo e cálcio ao longo do perfil de solo, reduzir os problemas vinculados aos impedimentos físicos e reduzir o alumínio tóxico”, alertou Geraldo.

Outro aspecto a ser destacado, segundo Geraldo, fica em relação a arquitetura da planta. “O outro desafio está vinculado à arquitetura das plantas, fazer com que elas não cresçam em demasia e isto tem uma série de fatores envolvidos. Um exemplo que pode se usar é a qualidade da semente: essa ultima safra de soja no Brasil se utilizou 50% de sementes salvas e o produtor não tinha certeza se toda semente que colocaria viria, então colocando em maiores quantidades do que deveria, aumentando a população, as plantas cresceram em demasia. Quando a planta cresce em demasia, para se ter uma ideia, a planta de soja deveria ter numa média 70 cm, isto não é um valor exato, em alguns lugares do Brasil chegam a 1,50 m, mas se tem plantas grandes, a quantidade de luz no meio e na parte baixa da planta é menor. Outro fator importante é vinculado à proteção, a quantidade de produto que vai chegar ao meio ou em baixo da planta é menor”, comenta o professor.

Geraldo também fala da importância da folha verde. “O terceiro pilar para analisar é o aspecto 'folha verde até o final'. Fazer com que cada folha dessa planta trabalhe até o final do ciclo. Se chegar ao final do ciclo e eu não ter um terço inferior de uma folha de soja isso pode representar, dependendo de algumas cultivares, 35% de perda no rendimento da planta”, finaliza o professor.

#tecnologia #palestra #coopbomjesus

ENTRE EM CONTATO

Rodovia do Xisto, Br-476,Km-198, s/nº - Olaria

Lapa/PR 83.750-000  Fone: (41) 3622-1515

bomjesus@bj.coop.br

 ©‎ Todos os direitos reservados | Cooperativa Agroindustrial Bom Jesus - Tradição, Respeito e Constante Evolução