• Com informações do Notícias Agrícolas.

Setor agropecuário é o único a apresentar crescimento no número de empregos


O Ministério do Trabalho e Emprego divulgou, em setembro de 2016, o total de vínculos com carteira assinada em todos os setores econômicos e unidades da Federação relativo ao exercício anterior, 2015.

Dados da Relação Anual de Informações Sociais (RAIS) dão conta que, em 2015, o emprego formal brasileiro totalizou 48,1 milhões de postos de trabalho. Após anos de sucessivos aumentos no número de carteiras assinadas, o quadro se inverteu com retração de 3% em relação ao anterior – reflexo da crise econômica/política do Brasil, informa a Secretaria de Agricultura e Abastecimento, por meio do Instituto de Economia Agrícola (IEA).

No Brasil, houve queda no número de empregos formais em quase todos os setores econômicos, exceto o setor agropecuário, que exibiu crescimento de 0,9% em novos postos de trabalho. O setor agropecuário, devido à informalidade no trabalho assalariado rural e alta ocupação de mão de obra familiar, perde importância em participação do total de empregos com carteira assinada, explicam os pesquisadores. No Brasil, este setor representa apenas 3,1% dos empregos formais com 1,5 milhão de postos de trabalho.

#Agronegócio #Emprego

ENTRE EM CONTATO

Rodovia do Xisto, Br-476,Km-198, s/nº - Olaria

Lapa/PR 83.750-000  Fone: (41) 3622-1515

bomjesus@bj.coop.br

 ©‎ Todos os direitos reservados | Cooperativa Agroindustrial Bom Jesus - Tradição, Respeito e Constante Evolução