• Assessoria Cooperativa Bom Jesus

FEIJÃO - Uso de sementes certificadas para melhor desenvolvimento da cultura

Atualizado: Ago 27



A produção de feijão nesta safra 2020-21 tende a ser expressiva. Contudo o preço da soja estar passando por excelentes patamares, a cultura do feijão também terá um incremento na região devido a seu preço e a condição de poder fazer duas safras de verão, com as sucessões de feijão-soja. Para se obter produtividade com a cultura e, principalmente, rentabilidade em sua época de colheita, o produtor precisa ter ciência e garantia de uma ação muito importante: o manejo.


A palavra manejo para a agricultura é bem ampla, desde os cuidados iniciais do solo, escolha de cultivar, regulagem de equipamentos, cuidados do plantio até a colheita, além de outros fatores diretamente ou indiretamente ligados. Entre todos esses cuidados e pensando sempre numa agricultura segura, um dos cuidados de extrema importância para a cultura do feijão é a escolha da cultivar, e mais, principalmente de um sementeiro de tradição e qualidade.


A semente não é um grão qualquer. Para se ter uma semente de qualidade precisa se atentar ao ponto de colheita, a secagem, a armazenagem e ficar atento a fatores de germinação e vigor na qual evidenciam todo o potencial genético que a semente traz e que se pode desenvolver no campo. Esses cuidados tomados para se obter uma semente de qualidade é uma das chaves para se ter uma lavoura com melhor desenvolvimento e uma garantia ao produtor.


O potencial genético de uma cultivar, hoje em dia, é grande, independentemente da cultivar, hoje mais falamos que o produtor tenha que conhecer a semente que irá plantar e, com esse estudo, fazer que seu potencial genético seja posto em prova, por exemplo, um estudo de população, se é uma cultivar que engalha mais ou menos, sua janela ideal de plantio etc. Para isso, além da cultivar que irá implantar, tem vários fatores como o manejo do solo, preferencialmente com palhada e/ou sistema de rotação de culturas; níveis de nutrientes necessários e fazer a correção com calagem e adubos necessários; cuidados em relação a pragas e doenças; enfim, uma série de cuidados para se obter o melhor resultado.


Outro ponto de análise é a cultivar ideal para a região. A Cooperativa Bom Jesus, através de seu sementeiro, multiplica sementes adaptadas a região com o nome Fibra e o produtor tem a segurança que essas cultivares podem expressar seu potencial genético. Em relação a feijão, a Bom Jesus busca junto a empresas reconhecidas nacionalmente, como a Embrapa e o Iapar, a segurança de colocar no solo da região sudeste paranaense e planalto norte catarinense, semente de qualidade comprovada em relação a vigor e germinação. Conheça as cultivares disponíveis aos cooperados coma marca Fibra:


Sementes de Feijão Fibra BRS Esteio

BRS Esteio, cultivar de feijão preto, maior potencial produtivo e planta adaptada à colheita mecanizada direta. (Fonte: Embrapa)


Sementes de Feijão Fibra BRS FP 403

A BRS FP 403 é tolerante ao Fusarium oxysporum, com maior potencial produtivo entre as cultivares de feijão preto, grãos graúdos de qualidade superior e aprovados pelas indústrias. (Fonte: Embrapa)


Sementes de Feijão Fibra IPR Urutau

Indicada para colheita mecânica, resistência moderada às principais doenças da cultura, boa qualidade comercial e culinária dos grãos. (Fonte: Iapar)


Para mais informações sobre a cultura de feijão e seu potencial para a região, entre em contato com a Cooperativa Bom Jesus e converse com nossos consultores técnicos.

ENTRE EM CONTATO

Rodovia do Xisto, Br-476,Km-198, s/nº - Olaria

Lapa/PR 83.750-000  Fone: (41) 3622-1515

bomjesus@bj.coop.br

 ©‎ Todos os direitos reservados | Cooperativa Agroindustrial Bom Jesus - Tradição, Respeito e Constante Evolução