Produtor volta a intensificar vendas de soja

 

 

Os produtores voltaram a negociar a soja da safra 2015/16, a qual tem previsão de entrega a partir de março. Segundo pesquisadores do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada - Cepea, o maior interesse é por garantir os bons negócios realizados por meio de contratos futuros.

 

A maioria das vendas do grão 15/16 ocorre com valor fixado em Real e tem por base o dólar futuro do período de entrega da soja. Parte dos produtores, no entanto, ainda precisa concluir as compras de fertilizantes e defensivos para a safra que começa a ser semeada em meados de setembro.

 

É provável que a China, maior compradora mundial de soja, tenha importação recorde de 76 milhões de toneladas no ano encerrado em setembro, 8% acima do período anterior, de acordo com a última estimativa de um organismo de pesquisa oficial.

 

A previsão do centro nacional de informação de óleos e grãos da China (CNGOIC, na sigla em inglês) supera em 2 milhões de toneladas a projeção do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA, na sigla em inglês) para o ano comercial corrente.

 

O CNGOIC atribuiu o crescimento ao aumento da demanda por farelo de soja, ingrediente rico em proteínas para alimentação animal, enquanto uma expansão na capacidade doméstica de processamento também aumentou a necessidade por maiores importações.

 

Em julho, as importações de soja atingiram um recorde mensal de 9,5 milhões de toneladas, aumento de 17,4% em comparação com junho, influenciado por suprimentos mais baratos da América do Sul, de acordo com dados alfandegários.

 

O CNGOIC espera um total de importações de agosto a setembro de 13 milhões de toneladas, 2 milhões a mais de toneladas comparado com o mesmo período do ano anterior.

 

Você produtor da Cooperativa Bom Jesus também pode comercializar sua produção. Entre em contato com o entreposto mais próximo de sua residência e faça os melhores negócios.

Please reload