Agricultor mantém a tradição do cultivo de batata

28/10/2015

Desde 1985 o agricultor cultiva o tubérculo na região de Irati.

A batata é um dos alimentos indispensáveis na mesa dos brasileiros. O consumo per capita do tubérculo no País, segundo dados da Companhia Nacional do Abastecimento (Conab), chega a 14 quilos por ano. Frita, cozida, ensopada ou assada, além de ser destaque no prato, o plantio da batata também tem garantido a pequenos e grandes produtores brasileiros uma boa rentabilidade.

 

No Paraná, um dos maiores produtores de grãos do País, a batata tem espaço garantido nas áreas onde o cultivo de soja ou milho é inviável, seja pelas condições de clima, de mercado ou, até mesmo, de topografia. Nessas regiões, há registros de bons índices de desempenho no cultivo do tubérculo. A produção paranaense de batata se concentra principalmente nas regiões Leste e Sul. Só o núcleo regional de Curitiba corresponde por 32% do plantio no Estado, seguido de Guarapuava (19%), Ponta Grossa (19%) e Irati (10%).

 

João Eduardo Carachinski é um dos produtores do tubérculo desde 1985. Morador de Irati, ele também cultiva soja e feijão e nesta safra cultivou 96 alqueires de batata. Sócio da Cooperativa Bom Jesus há dez anos, João Carlos comenta que “o produtor corre atrás da cultura da vez, mas ele deveria persistir em uma cultura para ter sucesso. As condições climáticas ditam se a lavoura vai produzir bem ou não. Sempre trabalhei com o plantio de batata, tem safras boas outras nem tanto”.

 

Nesta safra ele espera uma produção de 1700 sacas por alqueire onde a colheita é sempre realizada por trabalhadores. “Até comprei uma máquina que faz esse trabalho, mas não gostei do resultado porque machuca o produto. A colheita manual preserva a qualidade do produto e também gera empregos nas regiões produtoras”, explica o cooperado que também investiu em novos equipamentos e na construção de galpões para armazenagem de sementes.

 

A batata produzida no Paraná é comercializada em todo o Brasil. Contudo, como o Estado não produz a quantidade e determinadas variedades exigidas pelo mercado, é preciso comprar o produto de outras localidades para atender a demanda local.


De acordo com dados do Instituto Paranaense de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater), 70% da produção paranaense está concentrada nas mãos de grandes produtores. Ao todo, o Paraná possuía em 2014 cerca de 1.650 produtores de batata e os maiores produtores estão concentrados na região dos Campos Gerais.

 

 

Saiba mais...

Minas Gerais segue como o principal produtor de batatas no País (33%), seguido de São Paulo (22%) e Paraná (20%).

 

O Valor Bruto de Produção (VBP) da batata representa 26% do total do setor olerícola do Paraná, que é de R$ 2,64 bilhões. Com uma área plantada de 29,66 mil hectares, o Estado colheu na soma das duas safras de 2014 em torno de 822,22 mil toneladas.

 

Please reload