Cooperado investe na produção leiteira

27/11/2015

Desde 2008 Cleverson está à frente das atividades da leiteria da família.

 

O produtor Cleverson Luiz Sera Caus desde 2008 está à frente das atividades da leiteria da família em Porteiras, interior da Lapa.  Cooperado desde setembro de 2011 e pensando no futuro, o produtor vai investir em novas estruturas e na qualidade da silagem. “Meu pai desde 1971 trabalhou com o leite, às vezes parava e voltava com o trabalho. Comecei firme na leiteria com o gado holandês. A atividade compensa para as pequenas propriedades. Quero investir no sistema de confinamento e daqui algum tempo pretendo dobrar a produção”, comenta o produtor.

 

Diariamente são produzidos 1200 litros de leite por 45 animais em lactação, com ordenha realizada pela manhã e a tarde. A alimentação do rebanho é três vezes ao dia: com a silagem produzida na propriedade e com as Rações Bom Jesus, que passam a se chamar Rações Fibra. “Confio na ração da cooperativa, porque tenho segurança na boa qualidade do alimento usado no trato dos animais. Quem quer retorno nessa atividade tem que investir. Quanto à silagem, sempre preparo uma reserva e faço mais silos para não faltar comida para o gado”, explica Cleverson.

 

Para quem está começando nesse ramo pecuário ele orienta que o produtor tem que gostar do trabalho e se dedicar, ter foco no que faz. “É preciso realizar investimentos para futuramente o produtor ter um leite de melhor qualidade, porque ele recebe bônus quando tem seu produto avaliado. E quando o gado é bem alimentado produz melhor”, finaliza o cooperado.

 

A alimentação do rebanho é três vezes ao dia: com a silagem produzida na propriedade e com as Rações Bom Jesus, que passam a se chamar Rações Fibra.

 

 

 Na imagem Thiago Buske, colaborador da Bom Jesus, João e o produtor Cleverson.

 

Please reload