Leite: diversificar a atividade no meio rural

04/02/2016

De acordo com as informações do Instituo Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), em 2014 pela primeira vez, desde que o instituto disponibiliza sua série de dados, a região Sul foi a maior produtora de leite do país, com 12,2 bilhões de litros produzidos, o equivalente a 34,7% do total.

 

A região Sudeste, que era a maior produtora, ficou ligeiramente atrás, com 12,17 bilhões de litros produzidos (34,6% da produção total). Juntas, as duas regiões são responsáveis por 69,3% da produção brasileira de leite.

 

Entre os produtores que fazem parte das estatísticas está Alon Suplicy Diogo dos Santos, cooperado da Bom Jesus há quatro anos. Morador do Rio dos Patos, interior da Lapa, o leite é umas das atividades desenvolvidas na propriedade.

 

“Trabalho com o leite por ser uma maneira de diversificar a atividade na propriedade rural e mais uma fonte de renda, pois o produtor recebe todo mês o pagamento do produto entregue”, comenta Alon. Com uma produção diária de 430 litros, e 30 animais em lactação, a alimentação do rebanho é com silagem, ração e pastagens e a produção tende a aumentar nos próximos meses.

 

 

Saiba mais...

Nos próximos dez anos a produção brasileira de leite deverá crescer a uma taxa anual entre 2,4% e 3,3% e passar de 37,2 bilhões de litros em 2015 para 47,5 bilhões de litros em 2025, incremento de 27,6%, podendo chegar a 52,7 bilhões de litros caso atinja o máximo projetado. Os dados são parte do levantamento  Projeções do Agronegócio, publicado pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) em seu site.

 

 

 

Please reload