1ª safra de feijão em 2016/17 pode ter elevação de 3,8% na área de plantio, projeta consultoria

A área plantada com feijão, primeira safra, em 2016/17 no Brasil deverá ocupar 996,8 mil hectares, com aumento de 3,8% sobre o total cultivado no ano anterior, de 959,9 mil. A previsão faz parte do levantamento de intenção de plantio, divulgado pala consultoria SAFRAS & Mercado.

 

A consultoria aposta em aumento na produtividade, que passaria de 1.244 quilos para 1.296 quilos por hectare. Com isso, a produção poderá atingir 1,292 milhão de toneladas, com aumento de 8,2% sobre o ano anterior, de 1,194 milhão.

 

Com os preços consideravelmente superiores no âmbito doméstico, em decorrência de uma combinação de fatores que determinaram um quadro de oferta bem ajustado ao consumo. Entre os fatores, a análise de SAFRAS & Mercado, destaca a redução de área na primeira e na segunda safra desta temporada, bem como quebras relacionadas a problemas climáticos.

 

“Com boa rentabilidade em relação a outras culturas, e também em relação aos preços habituais praticados ao feijão, atualmente os produtores têm um grande incentivo a investir nesta cultura, visto que nesta temporada os preços chegaram a bater recordes históricos”, diz a informação.

 

Para esta primeira safra do ano, é esperada elevação de 2,6% de área nas regiões Norte e Nordeste do país, com elevação de 7,7% na produção se comparada com a da temporada atual. Nas regiões Centro-Oeste e Sul do país é esperada uma elevação de 4,8% de área com produção 8,4% superior a deste ano.

 

 

Please reload