Reunião com cooperados tem ação do Novembro Azul e palestra da Timac

04/11/2016

 

No dia 03 de novembro a Cooperativa Bom Jesus de Contenda organizou uma reunião com os produtores com a parceira da Timac Agro. Outro ponto de destaque da reunião foi sobre a conscientização sobre o Novembro Azul, mês dedicado ao público masculino sobre o combate e prevenção ao câncer de próstata.

 

Katia de Andrade Souza, agrônoma no entreposto de Contenda, fez a abertura do evento e destacou a parceria entre a Cooperativa Bom Jesus e os cooperados. “Somos uma extensão da propriedade rural, estamos no campo auxiliando e também vendendo a safra”, disse Katia, que também ressaltou a campanha Novembro Azul falando de prevenção e cuidados relativos ao câncer de próstata e sobre o preconceito que se tem diante ao tema.

 

Por fim os cooperados conheceram um pouco mais dos produtos relativos a adubação foliar da Timac Agro com apresentação do Supervisor Regional de Vendas, Pedro Cunha, e sua equipe da região. Foram debatidos temas como a soja e a cultura da batata.

 

SAIBA MAIS

 

Dados do Instituto Nacional de Câncer (INCA) mostram que, no Brasil, o câncer de próstata é o segundo tipo mais comum entre os homens.

Em 2011, 13.129 mil brasileiros morreram em decorrência da doença. Em valores absolutos, é o sexto tipo mais comum no mundo e o mais prevalente em homens, representando cerca de 10% do total de cânceres. O câncer de próstata é a segunda principal causa de morte por câncer em homens, seguido apenas pelo câncer de pulmão. Cerca de 1 homem em 36 morrerá de câncer de próstata.

O câncer de próstata ocorre principalmente em homens mais velhos. Cerca de 6 em cada 10 casos são diagnosticados em homens com mais de 65 anos, sendo raro antes dos 40 anos. A média de idade no momento do diagnóstico é de cerca de 66 anos. Desta forma, recomenda-se que a prevenção passe a ser feita a partir dos 45 anos se existe risco elevado para o surgimento do câncer, ou seja, casos de câncer de próstata na família. Se não existem, o homem deve visitar o urologista anualmente a partir dos 50 anos e realizar o exame de toque e de PSA, principais meios para detectar a doença precocemente, quando as chances de cura são maiores e os tratamentos, menos invasivos.  (Fonte: Oncoguia)

 

 

 

 

Please reload