Com clima favorável, colheita da soja avança no Brasil e chega a 10% da área

A colheita da soja parece ter se desenvolvido bem nestes últimos dias no Brasil e, de acordo com uma pesquisa feita pela AgRural já há cerca de 10% área da safra 2016/17 com seus trabalhos concluídos até a última sexta (3). O número vem em linha com o registrado no ano passado, neste mesmo período, e acima dos 6% da média dos últimos cinco anos.

 

As previsões do tempo, porém, continuam no radar dos produtores, que aproveitam a trégua das últimas chuvas para dar ritmo à colheita. Segundo informações da Somar Meteorologia, nesta semana as áreas de instabilidade ainda estão espalhadas por todos o Brasil. 

 

"Há risco de chuva forte no Sul e Oeste da Bahia, Espírito Santo, norte do Rio de Janeiro e Minas Gerais, Distrito Federal, Tocantins até o norte de Mato Grosso e no Amazonas. O tempo também fica mais carregado no leste do Paraná e Santa Catarina. No Rio Grande do Sul, dia com sol e muitas nuvens", informa a Somar Meteorologia em seu boletim diário. 

 

Até o próximo dia 9 de fevereiro, as previsões da Somar Meteorologia indicam menos chuvas para a região Nordeste, enquanto na faixa que vai de São Paulo ao Amazonas, as pancadas de chuvas deverão ainda ser frequentes. Em estados do Centro-Oeste, há pontos com até 125 milímetros de chuvas acumulados sendo previstos. No Sul, o extremo leste do Paraná também deve contar com chuvas de mais de 100 mm nos próximos dias. 

 

A consultoria AgRural estima uma safra de 105,4 milhões de toneladas para esta temporada, e aumentou sua projeção em relação à última com as boas condições de clima favorecendo a safra. O rendimento de alguns estados foi revisado para cima, como Mato Grosso, com média esperada de 54 sacas por hectare, 51 no Rio Grande do Sul e 56 em Santa Catarina.

 

 

 

Please reload