Jovens da Cooperativa Bom Jesus participam do 26º Jovemcoop, ganham aprendizado e projetam futuro

03/08/2017

 

 

Nos dias 26 e 27 de julho aconteceu em Cafelândia, na Cooperativa Copacol, o 26º Encontro da Juventude Cooperativista – Jovemcoop. O encontro reuniu quase 300 pessoas e a Cooperativa Bom Jesus foi representada pelo seu grupo de jovens, o BJovem, com 30 pessoas. O tema desse ano do evento foi “A força do jovem no cooperativismo do futuro”.

 

Atualmente 12 cooperativas participam diretamente do Programa Jovemcoop. São elas: Castrolanda, Copagril, Lar, Coopavel, Bom Jesus, Cocari, C.Vale, Coagru, Cocamar, Copacol, Copagra e Integrada. O programa inicia nas cooperativas, onde são planejados os projetos de formação, responsabilidade socioambiental e difusão do cooperativismo, e que, após encaminhamento para o Sescoop/PR e aprovação do Conselho de Projetos, recebem os recursos necessários para serem viabilizados. Todo este esforço resulta na realização de cursos, treinamentos, seminários e demais ações que buscam desenvolver as habilidades de gestão, liderança, bem como disseminar a filosofia cooperativista. Com isso, pretende-se estimular o protagonismo dos jovens, despertando o interesse pelo negócio familiar e pela cooperativa, auxiliando no processo sucessório e garantindo a perenidade do sistema cooperativista.

 

Após a recepção de todas as cooperativas, realizada pelos jovens da Copacol junto com a Fanfarra do Município de Rancho Alegre, que faz parte de um dos projetos sociais que a cooperativa patrocina na região, foi realizada a abertura do evento pelo vice-presidente da Copacol, James Fernando de Morais, que destacou a importância de investir na capacitação da juventude cooperativista. Já na programação do evento, houve palestras de José Luiz Tejon Megido e Adeildo Nascimento, abordando temas como cooperação e tecnologia, e durante os dois dias os jovens obtiveram oficinas junto com a Escola de Criatividade sob o comando de Jean Sigel.

 

Para a jovem Vanessa Nowinski, de Balsa Nova, “o Jovemcoop foi um show de aprendizado, com duas palestras incríveis do Tejon e do Adeildo Nascimento. Hoje o mundo passa por muitas mudanças e inovações e para nós jovens não ficar para trás temos que nos adaptamos a essas mudanças. Como fazemos isso? Encarando de frente sem ter medo de se expor ao novo,  adquirido conhecimento sobre vários assuntos, sendo ousados com ideias inovadoras e criativas. E tudo isso fica mais fácil com o cooperativismo, pois a cooperação é a melhor riqueza que possuímos”, afirma Vanessa. Já para Tiago Boni, também de Balsa Nova, foi seu primeiro contato com o evento. “Quanto ao evento Jovemcoop sendo minha primeira participação achei muito interessante, bem organizado, palestras interessantes e produtivas” define Tiago.

 

Um tema muito debatido no evento foi a inter cooperação. Para Maria Loriane Sobasnki, de Mallet, “o Jovemcoop foi uma experiência muito boa, que proporcionou conhecimento e interação de forma divertida, estimulando a criatividade e a inovação, gerando assim a intercooperação dos jovens”. Já Darlon Bech, de Antonio Olinto, disse que “o mais interessante na Jovemcoop 2017 foi a organização e um ótimo acolhimento por parte dos anfitriões, e o engajamento de todos os participantes, em executar todas as atividades propostas, além também da palestra do Tejon”, afirmou o jovem.

 

Helcio Soczek, de Contenda, disse que Luiz Tejon “deu um  show de cooperativismo, cooperação e tecnologia em sua palestra”. Já a Escola de Criatividade fez um desafio, que segundo Helcio, “no início deu até um certo medo, pois achei que não iria dar certo e não teria tempo, mas todos cooperaram e no final foi ótimo o resultado”. E complementa que “no segundo dia tivemos os resultados das oficinas e as filmagens ficaram ótimas e divertidas” finaliza o jovem. (com informações do Paraná Cooperativo).

 

 

 

 

 

 

Please reload