Projeto inovador estimula bons hábitos através do esporte

17/08/2018

O programa Ponto de Partida foi iniciado na Cooperativa Bom Jesus a cerca de 4 meses e vem aplicando uma metodologia diferenciada de conceitos sobre liderança e gerenciamento de tempo através do esporte. São 25 participantes no projeto envolvendo funcionários com a tutoria de Marcelo Karam, educador, coaching e palestrante com foco em desenvolvimento e fortalecimento de equipes; e Gabriela Hoffmann, especialista em inteligência de negócios, neurociência e economia comportamental.

 

O Ponto de Partida é um programa voltado a educação em forma de saúde e esporte. Através de objetivos que cada participante estipula para si, há uma instrutória que auxilia na condução de metas e o próprio incentivo dos participantes, trabalhando de modo cooperativo, na realização das metas semanais. O objetivo geral do grupo é “perder peso”, mas a educação das rotinas, prazos, metas e comprometimento faz do programa um grande incentivador de melhorar o andamento profissional e pessoal de cada participante, trazendo como grande mote o esporte.

 

Um processo que se mostra interessante no programa é o autoconhecimento, onde o participante observa seus limites e fatores limitantes. As tensões e o relaxamento são do cotidiano de todos, mas se conhecer e colocar em ação as práticas de melhor aproveitamento do dia pensando em boa alimentação, regras de aproveitamento do trabalho e da casa, promovem mudanças de atitudes e desenvolvem um papel importante na liderança do trabalho e vida pessoal.

 

Por se tratar de um programa cooperativo, afinal existe uma meta geral para todos, cada participante tem importância para seu meio, com isso existe a troca de experiências e sinergia do grupo. Para Katia Andrade, de Contenda e participante do programa, o programa é importante pois com o “autoconhecimento podemos ver melhor as possibilidades, afinal não paramos no dia-a-dia”. Já para Josiane Hoffmann, da Lapa, “não utilizamos vários conceitos aprendidos aqui no nosso dia-a-dia, pois a rotina é corrida. Esses momentos de reflexão são importantes. Cada um deve levar esse projeto todos os dias, seria o ideal”, e completa “muito (dificuldades) está somente na nossa cabeça”, afirma ela.

 

Outra forma interessante de analisar o projeto é e relação as pessoas, para Clodovise Ramina, de Mafra, é um “baita projeto! Eu me transformei, meus colegas mudaram. E olha quantas pessoas estão sendo engajadas e mudando seus maus hábitos também. Acredito que um dos objetivos do projeto está sendo alcançado, qualidade de vida! Planejar um futuro com vida de qualidade. O pensar de maneira diferente, aproveitar o momento agora e aproveitar os momentos futuros”, afirma o participante, que completa, “obrigado Karam, obrigado Gabriela e toda diretoria e colegas da Bom Jesus”.

 

Em uma das atividades acompanhas pela Comunicação da Cooperativa Bom Jesus, Marcelo Karam repassou ao grupo alguns conceitos de liderança. Para o projeto e o cotidiano dos participantes, é preciso “viver intensamente o projeto, o ponto de equilíbrio é o ‘eu’ no controle”, segundo ele, que repassou várias referências mostro o objetivo do projeto para todos, que se conecta em melhorar a qualidade de vida no trabalho e a performance nos ambientes organizacionais, trabalhando a lacuna entre intenção e ação observado no comportamento humano e a priorização de objetivos relevantes.

 

Este trabalho dentro da Cooperativa Bom Jesus apresenta várias ferramentas para cada vez mais obter efetividade e melhores maneiras de condução de trabalho. O trabalho é prático e focado nas atividades diárias do participante utilizando ferramentas e metodologias simples já conhecidas e utilizadas nas organizações como: gestão a vista e gestão do tempo, além de tecnologias que estão nos smartphones. O trabalho é focado na aprendizagem colaborativa e os resultados alcançados extrapolam os limites da organização estendendo-se indiretamente aos familiares, ou seja, ambiente realmente cooperativo.

 

Esta matéria você pode acompanhar também na Revista Bom Jesus. Versão impressa no entreposto mais próximo ou versão online através do link: https://issuu.com/coopbj/docs/2018_05_revista_bom_jesus_168/18

 

 

 

 

 

Please reload